Valor do pedágio na BR 324 em Simões Filho volta ao normal.

imagesAs tarifas do pedágio da BR-324, na Bahia, vão voltar ao preço integral a partir da 0h de terça-feira (23), informou a Via Bahia, empresa que adminstra parte da rodovia. No dia 21 de junho, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) havia determinado que houvesse aredução em 50% o valor do pedágio.
A determinação, segundo a ANTT, foi por conta da condição da via entre os kms 617 e 619, trecho que está totalmente bloqueado no sentido Salvador-Feira de Santana devido a uma cratera que se abriu na região no início do mês de junho, após fortes chuvas na capital baiana.

De acordo com a Via Bahia, a empresa entrou com uma ação na Justiça e conseguiu suspender a determinação da ANTT. Em nota, o órgão informou que “as tarifas de pedágio, em conformidade com o contrato de concessão firmado entre a concessionária e a ANTT, são indispensáveis para realização das obras de ampliação do sistema rodoviário e para a manutenção dos serviços de conservação e de atendimento aos usuários”.
A ANTT confirmou o cumprimento ao Mandado de Segurança que suspende a Resolução do órgão. Em contato com o G1, a Agência ainda não soube informar se irá recorrer ou não da decisão da Justiça.
Segundo a Via Bahia, as obras de melhoria na região da cratera devem ser concluídas até o final do mês de agosto.
Preços
As tarifas normais, sem a redução, variam entre R$ 0,90 (para motos, motonetas e bicicletas moto) a R$ 16,10 (caminhão reboque, caminhã-tartor e semi-reboque). Veja a tabela dosvalores do pedágio abaixo:Pedágio da Via Bahia na BR-324, Bahia (Foto: Divulgação/ Via Bahia)Pedágio da Via Bahia na BR-324, Bahia (Foto: Divulgação/ Via Bahia)

Cratera
O buraco se abriu no Km-617 da BR-324 no dia 5 de junho, após forte chuva em Salvador. Na ocasião, quem precisou passar pelo rodovia enfrentou um longo congestionamento, que refletiu também em importantes vias da cidade, como Avenida ACM, Bonocô, Acesso Norte, Rótula do Abacaxi e Paralela.

Inicialmente, o afundamento atingiu duas faixas da via marginal que dá acesso ao Porto Seco Pirajá. Após mais chuvas, a cratera aumentou e foi preciso a interdição total da rodovia no sentido Feira de Santana. Um desviou foi feito na pista contrária, o que deixa o trânsito muito co plicado na região, principalmente no início da manhã e final da tarde, horários de grande movimento.
Alternativas
Tanto a PRF quanto a Via Bahia orientam os motoristas a utilizarem vias alternativas. Uma das opções é seguir pela Avenida Paralela, pegando a estrada do CIA. Outra possibilidade é seguir pela Avenida Suburbana, pegando um trecho da BR-324 após a interdição por causa do buraco.
Para quem vai pela Paralela, o roteiro deve ser feito pelo viaduto da Rua Dorival Caymmi, em São Cristóvão, até chegar à rodovia CIA-Aeroporto, e de lá chegar à BR-324, no Km-608, em Simões Filho.
Quem vai pela Suburbana, deve seguir pela BA-528, mais conhecida como Estrada do Derba, até chegar ao trevo de Águas Claras. Outra opção de quem passa pela Suburbana é pegar a BA-526 (Estrada da Base Naval) até o km-608 da BR-324. Segundo a PRF, o trânsito flui normalmente na BR-324 após o trecho interditado.( P Simões Filho)
Share on Google Plus

Sobre Otaciano Santos

Visão Cidade
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments:

Postar um comentário

Seu comentário será verificado antes de ser publicado.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Início